Vila Dique: nova comunidade, velhos problemas

Famílias removidas por obra da Copa relatam dificuldades do local para onde foram levadas

Moradores reassentados da Vila Dique estão apreensivos em relação ao futuro da nova comunidade e à espera das melhorias prometidas pela Prefeitura de Porto Alegre (RS).

A Vila Dique tem mais de 30 anos e 1476 famílias, que estão sendo removidas para a ampliação da pista do aeroporto Salgado Filho. A obra faz parte da preparação da capital gaúcha para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Atualmente 404 famílias já foram transferidas e 500 que ainda aguardam a realocação. Para o final deste mês está prevista a transferência de outras 80.

A transferência dos moradores da antiga vila começou há pouco mais de um ano, com destino a um loteamento situado no bairro Rubem Berta, na zona leste da cidade. O plano chegou a ser anunciado como “reassentamento-modelo” pela Prefeitura. A realidade do local, porém, contrasta com as propagandas feitas antes das remoções. Na nova comunidade, os moradores convivem com problemas que vão desde rachaduras nas casas até a falta de creches, escolas e posto de saúde.

A situação das famílias está relatada em um vídeo produzido pelo Comitê Popular da Copa de Porto Alegre. Veja a seguir.

 

Fonte: Brasil de Fato

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s